30 de dez de 2017

Música ‘Paraíba, Joia Rara’, de Ton Oliveira, é reconhecida como patrimônio imaterial da Paraíba

A música “Paraíba, Joia Rara”, do compositor Ton Oliveira, foi reconhecida como patrimônio imaterial da Paraíba, de acordo com uma lei publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) desta sexta-feira (29). O projeto que deu origem a lei é do deputado Frei Anastácio (PT).
De acordo com o projeto, muitos paraibanos consideram a canção um hino da Paraíba por representar o sentimento de ser paraibano. “Trata-se de uma composição que enaltece a cultura regional, além de se constituir como meio de expressão para falar de personagens e dos elementos históricos e turísticos do nosso Estado”, diz o texto.

A música foi composta em 2011. Ton Oliveira estava dirigindo, no final da tarde, a caminho de Solânea para gravar o disco “Só Para Xotear”, quando olhou para a paisagem do Agreste. Ele contou que veio à mente o pensamento: “Como a Paraíba é bela”, e então começou a cantar o refrão da canção, que diz: “Eu sou da paraiba é meu esse lugar/A cara desse povo tem a minha cara/ Encanto de beleza que me faz sonhar/ Lugar tão lindo assim pra mim é joia rara”.
No Maior São João do Mundo deste ano, Ton revelou que a música nasceu como qualquer outra. “Só que as pessoas tomaram como hino e isso para mim é motivo de muito orgulho e alegria, porque tocou realmente o coração das pessoas. É diferente de quando alguém encomenda um hino a um compositor e pede para algum maestro fazer, é encomendado. Nesse caso não é um hino, mas as pessoas aceitaram como um. Não foi imposto por ninguém”.
Fonte: PB Hoje

Nenhum comentário:

Postar um comentário