28 de abr de 2019

Paraibana decora aniversário com tema ‘Lula Livre’; “Sou apaixonada”


Com 42 anos completados na última quinta-feira (25) e com uma festa temática que pedia a soltura ex-presidente Lula (PT), preso há pouco mais de um ano em Curitiba (PR), a funcionária pública Evânia Sousa, que se diz apaixonada pelo político, celebrou a data com amigos e familiares em Boa Vista, no Agreste paraibano.
Bolo, decoração, lembranças. Tudo foi personalizado e customizado com referência a Lula e ao Partido dos Trabalhadores. 
Ela disse que reconhece no petista, alguém que fez muito pelos mais pobres e por essa razão carrega esse carinho pelo ex-presidente. “Essa paixão por Lula vem do trabalho e do desenvolvimento, que eu acredito que foi o maior Governo que esse país já teve, pois ele colocou em condição de igualdade pobre e rico, dando oportunidades que não eram vistas em outros governos”, lembra.
Funcionária pública há doze anos na Prefeitura Municipal de Boa Vista, Eva, como é conhecida é viúva e mãe de um filho de 19 anos, é formada em Pedagogia e diz que toda a família compactua da mesma preferência política que ela.
A iniciativa de celebrar o aniversário com uma temática política partiu da própria Evânia, que conta que teve o apoio dos amigos, mas que preferiu não convidar pessoas que pudessem se ofender com o tema.
“Eu iria fazer meu aniversário com o tema #EleNão [menção ao movimento nas redes sociais contra a campanha do atual presidente, Jair Bolsonaro (PSL), em 2018], mas decidi dar a vez, nesses quatro ponto dois a Lula. Eu recebi apoio dos convidados, e todo mundo é Lula Livre, não convidei ninguém com ideias e pensamentos diferentes para não estar num ambiente que não se sente bem”, explica.
Evânia, que distribuiu camisetas de Lula como lembrancinha para os convidados, sabia que a comemoração com tema geraria repercussão nas redes sociais, mas diz que não se incomoda.
“Quando você se expõe, você tem que ter discernimento para poder digerir e absorver elogios e críticas, porque vai gerar os dois. E eu costumo absorver o que é construtivo para mim, o que não acrescenta a minha em nada, eu ignoro e a vida continua”, revela a funcionária pública.
Lula preso – Eva acredita que a prisão de Lula seja política e compara o tratamento dado ao também ex-presidente Michel Temer (MDB) que foi preso e solto. “Existem exageros nessa prisão de Lula, nessa perseguição, nessa condenação, agora pouco Michel Temer foi preso, com várias provas e informações, ele passou só uma semana preso.
O que acontece com ele, é que eles sabem o poder que Lula tem, se soltarem ele ele faz campanha e ganha as Eleições”, defende.
Ela diz que carrega um lema desde que o ex-presidente foi preso e fala com orgulho. “Eu me comprometo a não descansar até que Lula seja livre”.
Para os 43 anos, Eva promete a festa contra o atual presidente. “Para o quatro ponto três vem aí o #EleNão“, promete.
Redação Paraíba Debate com informações do Blog do Márcio Rangel/Paraíba Debate

Nenhum comentário:

Postar um comentário