7 de nov de 2018

Usuários devem levar documento de identificação para atendimento na UPA de Princesa Isabel

O cartão do Sistema Único de Saúde (SUS) é obrigatório para qualquer tipo de atendimento na rede pública de saúde no país, desde a mais simples consulta ao médico até uma cirurgia de alta complexidade. Na Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24 Horas) de Princesa Isabel, é frequente o registro de pessoas que procuram atendimento sem levar o cartão, documento de identidade (RG) ou CPF.
A diretora geral da unidade, biomédica Alany Moura, lembra que “é indispensável a apresentação de documento de identificação [cartão do SUS, Carteira de Identidade ou CPF], mesmo que o paciente já tenha cadastro na UPA e, no caso de ser pai, mãe ou responsável por criança, levar também documento desta”.
Ela explicou que “o cartão do SUS é fornecido gratuitamente e auxilia no controle de despesas com pacientes e na identificação das doenças por município, estado, região e no país”.
“As informações pessoais registradas seguem direto para o banco de dados do Sistema Único de Saúde, que passa a ter um monitoramente maior sobre o atendimento de cada paciente na unidade, como gastos individuais com medicamentos, exames, internações, entre outros serviços”, acrescentou.
“Sem o cartão do SUS do paciente, além de outro documento que permita a identificação precisa, a UPA terá dificuldades no atendimento, no planejamento e melhoria dos serviços, além de problemas no recebimento de recursos para o funcionamento da unidade”, ressaltou.
ASSESSORIA DE IMPRENSA – UPA DE PRINCESA ISABEL
Fonte www.duartelima.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário