Futuro dos irmãos Cartaxo

6 de mar de 2018

Futuro dos irmãos Cartaxo

Ausentes das conversas políticas durante o fim de semana, os irmãos Cartaxo esperam a conjuntura política para definirem posicionamento





O presidente municipal do PSD, Lucélio Cartaxo, revelou que, durante o fim de semana, ele e o irmão, o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD) evitaram conversas políticas com lideranças do Estado.
"Não tivemos nenhuma conversa política, nem mesmo com Rômulo Gouveia [presidente estadual do PSD]. Estivemos, sim, em contato com a população e focados na gestão de João Pessoa", disse.
Questionado sobre a possibilidade de ele e Luciano deixarem o PSD, Lucélio disse que, neste momento, isto não é uma possibilidade que está sendo aventada pelos irmãos.
"Não há a possibilidade de deixarmos o PSD. Nós fizemos uma discussão com relação à conjuntura política da candidatura de Luciano ao governo do Estado que culminou com o ato da semana passada. A partir de agora vamos discutir a conjuntura política considerando o cenário que temos adiante: quem são os candidatos, quem tem a melhor proposta, pois este é o foco: as melhores escolhas para o povo de João Pessoa e da Paraíba", explicou Lucélio.
Sobre este cenário, ele acredita que ainda é cedo para se chegar a qualquer conclusão. "Até 07 de abril ainda tem muita coisa para acontecer. Ninguém sabe quem é, realmente, candidato a governador, especialmente no campo das oposições. A conjuntura não está posta completamente ainda. Só a partir de abril é que teremos um panorama formado", afirmou.
Candidatura 
Antes de Luciano Cartaxo desistir de concorrer ao governo do Estado, Lucélio era pré-candidato a deputado estadual. Segundo o próprio Lucélio, esta situação não mudou com o novo cenário.
"Estou com a pré-candidatura a deputado estadual posta, mas é evidente que houve uma mexida no tabuleiro. Nós vamos discutir, mas estamos com a pretensão de manter a mesma candidatura. No entanto, não podemos fechar as portas. Fazemos política através de um grupo que pensa o que é melhor para a Paraíba e eu sou um soldado desse grupo. Não tenho ganância, não tenho vontade de ser candidato por questão pessoal. O que eu quero é um projeto que seja o melhor para a Paraíba", revelou.
Sobre a possibilidade de se aliar ao candidato apoiado pelo governo do Estado, Lucélio desconversou. "Estamos discutindo a questão administrativa. No momento certo vamos discutir conjuntura política", concluiu.
ClickPB

Nenhum comentário:

Postar um comentário