10 de nov de 2017

Prefeito de Nova Olinda reduz o próprio salário

Prefeitura de Nova Olinda, no Vale do Piancó, reduz salários de prefeito e secretários

Localizada no Sertão da Paraíba, a cidade de Nova Olinda foi palco de uma supresa que contraria os últimos fatos registrados no âmbito político do país.

 A Prefeitura Municipal de Nova Olinda reduziu R$ 6 mil do salário do prefeito, R$ 2 mil do vice-prefeito e R$ 700 de cada secretário municipal. 

A gestão também exonerou todos os cargos comissionados e de confiança e, além de cortar gratificações, limitou gastos com combustível e alugueis. 

A decisão foi tomada através de decreto válido desde o dia 1º de novembro.

A decisão teve que ser adotada, segundo o prefeito Diogo Richelle (PSDB), por causa da queda no último semestre da receita líquida municipal em face da política nacional implementada pelo Governo Federal.

 Para o gestor, as mudanças foram necessárias para que o município de enquadre na Lei de Responsabilidade Fiscal.

Diogo, que antes recebia como remuneração salarial R$ R$ 18 mil passa a ser de R$ 12 mil. Já o vice prefeito, que cujo salário era de R$ 8 mil, passa a ser R$ 6 mil. 
Os secretários recebiam R$ 2.500 e passarão a receber R$ 1.800.
PB Agora

Nenhum comentário:

Postar um comentário