26 de mai. de 2022

O POVO COMO BURRO DE CARGA



Eles dizem que querem o bem do povo, o povo acredita e os colocam no poder, e no poder eles fingem cumprir as promessas com mentiras programadas e passam os mandatos longe dos que os elegeram, só aparecendo em tempo de eleição quando têm todo o tempo do mundo para gastar de porta em porta pedindo votos e prometendo tudo de novo. 

 E dando a cara à tapa o povo continua a apanhar no mesmo beco, como não tivesse memória para lembrar que foi esquecido por aqueles que hoje fingem lembrar de todos, por isso, continua a pagar pelo pecado da passividade, da omissão, da aceitação do mal que lhes fazem e a conivência com os maus que aos seus olhos continuam bons. 


Por:  Jesimiel Ferreira

Nenhum comentário:

Postar um comentário