13 de abr. de 2020

PROFISSIONAIS DA EQUIPE DE BARREIRA SANITÁRIA QUE FAZEM MONITORAMENTO NAS ENTRADAS DA CIDADE EM ÁGUA BRANCA SÃO VÍTIMAS DE ATO DE VANDALISMO

Moradores da cidade de Água Branca no auto sertão da Paraíba, ficam revoltados com um ato de covardia, vandalismo e de atentado contra a vida dos profissionais que estão de plantão trabalhando para conter o avanço do coronavírus. 

 As equipes compostas por Profissionais da Saúde, Agentes da ROMU e Bombeiros Civis, realizam um trabalho de barreira sanitária de monitoramento nas duas entradas da cidade nos sentidos de Imaculada e também de Juru. 

 De acordo com esses profissionais, um cidadão identificado por Alexandre César (Alexandre de Vanilson) conduzia um carro modelo gol quadrado, e acelerou o veículo em direção os instrumentos de trabalho dessas pessoas (cones) quebrando a todos eles. 

De acordo com informações, Alexandre já foi detido pela polícia e será encaminhado a delegacia onde será feito o procedimento legal da lei. Ainda de acordo com informações repassadas a nossa redação, Alexandre já responde a um processo por agressões verbais e por dirigir palavras de baixo calão contra a pessoa do prefeito da cidade. 

Redação: Água Branca Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário