5 de set de 2019

Oposição em Princesa Isabel defende implantação de Maternidade e Centro de Hemodiálise na cidade



O líder da oposição em Princesa Isabel, Dr.Sidney (PSDB), disse em um programa de rádio local na cidade, que a saúde do município precisa avançar.

Mostrando preocupação, Dr.Sidney que atua na medicina há 40 anos na cidade, frisou a necessidade da implantação com urgência, de uma Central de Hemodiálise em Princesa Isabel para facilitar no tratamento de dezenas de pessoas que precisam se deslocar para Patos para fazer tratamento, enfrentando o cansaço de uma estrada de mais de 150 km de distância.

Segundo Dr.Sidney “Boa parte das pessoas, não tem nem acesso ao tratamento por conta da dificuldade da viagem. Então, muitas dessas pessoas acabam falecendo sem sequer ter oportunidade de se tratar em função dessa absoluta falta de cobertura de uma rede adequada de atendimento na cidade”, pontuou.

O líder da oposição destacou que o correto é o tratamento perto de casa pra diminuir o sofrimento dos pacientes. E pensando na possível solução, Dr. Sidney ressaltou que tem entrado em contatos com outros médicos e já está vendo a possibilidade de uma clínica de hemodiálise na cidade em parceria com o SUS para atender a demanda.

Pontuando sobre a saúde, Dr.Sidney mencionou o sonho de ver a cidade registrando o nascimento de ‘princesenses’. É que, sem maternidade e sem equipe capacitada na rede hospitalar local,o município de Princesa Isabel deixou de registrar nascimentos. As gestantes estão se deslocando para outras cidades vizinhas à procura de assistência para partos.

O bloco cirúrgico do Hospital Dep. José Pereira Lima, recém municipalizado, é precário. Após ouvir apelos de centenas de mães, Dr.Sidney, já reforçando a vontade de continuar lutando por Princesa, destacou que a partir de 2021, com o êxito do seu grupo na política local, a cidade terá Maternidade com equipe preparada, com médicos, pediatras e anestesistas para que as crianças voltem a nascer na cidade.
Fonte: http://www.blogdasabrinabarbosa.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário