11 de ago de 2019

Aconteceu quinta-feira em Princesa Isabel o que que não houve na histórica 'Guerra de Princesa'

CIDADE DE PRINCESA ISABEL, NO SERTÃO DA PARAÍBA, FOI 'BOMBARDEADA' NA ÚLTIMA QUINTA-FEIRA, DIZ BLOG DO DOMINGUINHOS 

A aprovação das contas da prefeitura de Princesa Isabel pelo Tribunal de Contas do Estado da Paraíba - TCE/PB, relativas ao exercício de 2018, foi motivo de exagerada comemoração pelo prefeito Ricardo Pereira do Nascimento (PSB), segundo publicação do Blog do Dominguinhos. 

A aprovação das contas de Ricardo Pereira pelo TCE-PB já havia acontecido também em 2017, quando quebrou um ciclo de dezesseis anos de consecutivas reprovações.

 Contudo, de acordo com o site do ex-prefeito Domingos Sávio, nem durante a histórica 'Guerra de Princesa' houve tão grande bombardeio na cidade como o que aconteceu por volta das 10h00 da manhã da última quinta-feira (08) para comemorar o feito.

 Veja na íntegra a matéria do Blog do Dominguinhos, que, diga-se de passagem, faz sistemática oposição ao atual gestor princesense: 

 APROVADAS AS CONTAS DO PREFEITO DE PRINCESA

 Ontem, 07/08/2019, por volta das 10:00 horas da manhã, Princesa foi literalmente bombardeada. Escapou de sê-lo na “Guerra de Princesa”, em 1930, porém, de ontem não teve jeito. Por ordem do prefeito Ricardo Pereira do Nascimento, a bomba comeu de esmola nos quatro cantos da cidade. O motivo? A aprovação das contas da prefeitura de Princesa pelo TCE/PB – Tribunal de Contas do Estado da Paraíba, referentes ao exercício de 2018. O foguetório denota a necessidade do prefeito de encontrar motivos para comemorar alguma coisa positiva de sua desastrada gestão. Nunca na história política de Princesa se viu comemoração tão escandalosa por um ato tão corriqueiro. Mesmo porque, a aprovação das contas de Nascimento deixa algo no ar: o Ministério Público do TCE deu parecer contrário à aprovação das mesmas e, em que pese não haver sido aplicado o percentual de 60% na educação, os conselheiros, em sua maioria, estranhamente, entenderam que deveriam aprovar as contas do prefeito sem frescura. Vôte! O acinte O problema maior reside no fato de que, enquanto a bomba comia no centro (e nas periferias também), alguns moradores da cidade ligavam para a “Rádio Princesa” reclamando das ruas escuras, dos esgotos abertos e da falta de água. A comemoração de Nascimento, além de ridícula e acintosa, afrontou o povo, pois, enquanto o prefeito desperdiçou milhares de reais queimando fogos em comemoração a uma vitória que foi somente sua, o povo continua derrotado por esse governo irresponsável e insensível que priva a população de suas necessidades mais prementes e urgentes como saúde, assistência social, saneamento básico, etc. O único alento é que, do jeito que a bomba vai, a bomba vem. Na política, chega a vez de tudo e de todos. Por enquanto, Nascimento pode comemorar, pois, segundo Tião Lucena, ele é bi.

Nenhum comentário:

Postar um comentário