8 de jun de 2019

Promoção expôs técnico do INSS que fraudou cota racial

Foto do passaporte confirmou fraude em cota racial

Na investigação que comprovou a fraude, foi solicitada à Polícia Federal registro fotográfico de Lucas Soares Fontes.

 A delegada Fabiana Martins Machado encaminhou a foto em que o rapaz aparece com a fisionomia natural. A foto foi tirada no mesmo ano do concurso para o INSS.

No ofício encaminhado ao INSS, a delegada ressalta que no campo disponível para declaração de “raça/cor”, para a emissão do passaporte, Lucas Fontes marcou a opção “não desejo declarar”.

 Promoção expôs técnico do INSS que fraudou cota racial

Dois anos depois de ingressar nos quadros do INSS, Lucas Soares Fontes foi promovido a gerente substituto da agência da Previdência Social de Além Paraíba.

A exposição pelo cargo acabou prejudicando seu disfarce, como revelou O Antagonista mais cedo.

Uma denúncia anônima, quase um ano depois, levou o comando regional do INSS a dispensar o funcionário e a abrir um processo administrativo disciplinar – no qual foram reunidas as provas da fraude ao sistema de cotas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário