21 de dez de 2018

Leia seca: futuro ministro poderá implantar plano de venda de bebida até meia noite

Osmar Terra, futuro ministro da Cidadania, quer limitar o consumo de álcool.
Ele disse para O Globo:
“A maior parte dos acidentes e mortes causadas por pessoas embriagadas acontecem sempre depois da meia-noite. Acho que podemos colocar alguns limites para venda de bebidas em lugares mais violentos. Não precisa ser em todo o país. Dá para mapear a violência. Há lugares que têm mais homicídios. A experiência de Diadema está publicada em livros. Reduziu muito o número de homicídios. Era a cidade que mais tinha homicídios em São Paulo e hoje é das que têm menos. A bebida ajuda, né. Diadema colocou até meia-noite, uma da manhã o limite. Depois disso, não se pode vender.”
Ele citou o caso da Islândia:

Nenhum comentário:

Postar um comentário