2 de dez de 2018

Apostador do sorteio da Mega-Sena perde 'bolada' de R$ 22 milhões ao não retirar prêmio



Um apostador de São Sebastião (SP) perdeu uma 'bolada' de R$ 22 milhões na Mega-Sena.

 Ele acertou as seis dezenas sorteadas no concurso 2.074, do dia 1° de setembro, mas ficou sem a quantia milionária por não ter retirado o prêmio no prazo, que se encerrou nesta sexta-feira (30). 

A informação foi confirmada pela Caixa Econômica Federal. O 'sortudo não encontrado' virou assunto e gerou grande expectativa na cidade nos últimos dias.

 O clima era de curiosidade e muitos moradores arriscaram palpites de que o apostador havia perdido o bilhete ou esquecido de conferir os números jogados. 

Na lotérica A Milionária, onde foi feita a aposta simples e vencedora, o dono chegou a colocar uma faixa alertando que a aposta havia sido feita ali. 

O sorteio do concurso foi feito em Santa Catarina e as dezenas sorteadas foram 08 - 18 - 23 - 37 - 42 - 58. Além da aposta de São Sebastião, um sortudo de Passos (MG) também acertou os números. 

O apostador de Minas Gerais já retirou o prêmio. Com R$ 22 milhões, o apostador poderia comprar itens como cerca de 450 carros populares de R$ 49 mil; 44 apartamentos de R$ 500 mil; ou 2.750 aparelhos de celular de última geração de R$ 8 mil. Na poupança, o valor renderia R$ 81 mil mensais. 

O que acontece com o prêmio 

O prêmio prescrito agora será repassado ao Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Segundo a Caixa Econômica Federal, de janeiro a maio de 2018, foram repassados R$ 128 milhões ao Fies somente em prêmios prescritos.
 Em 2017, foram repassados R$ 326 milhões ao Fundo.

 O Fies permite que estudantes financiem o valor total ou parcial do curso superior e paguem após a conclusão dos estudos. 

Sorte

 A probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. 

Para a aposta simples, com apenas seis dezenas, como foi a do vencedor de São Sebastião, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, segundo a Caixa.

Fonte: G1 do vale do Paraiba e Região


Nenhum comentário:

Postar um comentário