11 de nov de 2018

Prefeitura Paraibana, exonera 789 servidores comissionados e contratados

O prefeito de Patos, José Bonifácio, publicou no Diário Oficial do Município, no último dia  (15), um decreto que informa sobre a demissão coletiva de 789 servidores da administração direta e indireta da cidade. 

 Segundo o secretário de Administração do município, Marcos Túlio, a exoneração foi adotada para que o município atenda às normas da lei de responsabilidade fiscal. 

O número de funcionários com cargos comissionados é de 489, já o de contratados é de 300 colaboradores. “Essas medidas foram tomadas por uma necessidade extrema, são enérgicas, duras, mas necessárias. Tentamos reduzir os gastos. Economizamos cerca de R$ 400 mil, mas não foi suficiente. Por isso não tivemos outra opção", explicou o secretário. 

 Segundo o decreto, não foram atingidos pela medida:

* Os contratos de excepcional interesse público; 

* Os secretários e secretários adjuntos, superintendentes e respectivos adjuntos, bem como serviços essenciais da saúde, educação e assistência social;  

 * Os setores estratégicos da administração; 

 * Os cargos ou contratos financiados, diretamente, com programa do governo federal; 

* Outros setores essenciais e estratégicos da administração, cuja demissão não venha acarretar prejuízo ao serviço público.


Por G1 PB — Campina Grande

Nenhum comentário:

Postar um comentário