1 de ago de 2018

Jovem é condenada por permitir bullying em grupo de Whatsapp criado por ela

Uma jovem de 19 anos foi condenada a pagar R$ 3 mil por danos morais a um colega após permitir ofensas em um grupo de Whatsapp moderado por ela na cidade de Ribeirão Preto (SP). A mulher, de identidade não revelada, criou um grupo ainda em 2014 para convidar amigos para assistir aos jogos da Copa do Mundo na casa dela. O grupo continuou a existir mesmo após a copa e em pouco tempo membros passaram a praticar bullying com a sexualidade de um dos integrantes dele, chamando-o de “bicha” e “gay”.

 O rapaz entrou na justiça e, segundo o jornal Folha de São Paulo, o tribunal entendeu que, apesar de não proferir ofensas, a dona do grupo se divertiu com a situação e não utilizou do seu poder de remover quem proferiu as ofensas do espaço. A decisão inédita abriu jurisprudência na justiça brasileira. O advogado da ré afirmou que não vai recorrer à decisão. *Com informações da Folha de S. Paulo

Nenhum comentário:

Postar um comentário