20 de jun de 2018

No STF, 5 a 0 contra a censura ao humor

Além de Edson Fachin e Alexandre de Moraes, Luís Roberto Barroso, Rosa Weber e Dias Toffoli votaram contra a proibição de sátiras políticas durante as eleições.
A pedido de Luiz Fux, o julgamento no STF foi suspenso e será retomado amanhã.

Nenhum comentário:

Postar um comentário