1 de abr de 2018

Ceará vai dessalinizar água do mar para consumo

O governo do Ceará decidiu investir na dessalinização da água do mar para manter o abastecimento da população. Em uma região de secas frequentes (e vivendo um momento particularmente difícil), o estado espera, até 2020, atender pelo menos 720 mil habitantes de Fortaleza com o tratamento da água do mar.
Implantar uma unidade de dessalinização da água do mar foi a forma encontrada pelo governo para diminuir a dependência da cidade de Fortaleza com relação ao Açude do Castanhão, que fica a 280 quilômetros da capital e vive sua pior situação desde que começou a operar, em 2002 – o reservatório está funcionando com apenas 3% de sua capacidade. A meta do governo é que a água retirada do Atlântico atenda pelo menos 720 mil habitantes de Fortaleza.
A capital consome hoje cerca 8 m³ (metros cúbicos) de água por segundo. O projeto da planta de dessalinização deve entregar 1 m³ de água tratada por segundo, o equivalente a 12% do consumo na cidade. Fortaleza conta atualmente com 9 milhões de habitantes e o mar à sua frente oferece a chance de contornar os problemas do clima semiárido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário