25 de jan de 2018

Dançando conforme a música, Romero pode indicar a esposa ou Tovar para ser vice de Luciano Cartaxo

Time que não joga não tem torcida. Foi pensando nessa máxima que o prefeito Romero Rodrigues, amante das peladas, colocou o time em campo e entrou na disputa para ser indicado o nome da oposição ao governo do estado. Como não tinha nada a perder, Romero se escalou esperando as mudanças incontroláveis do ambiente externo da política. Coisa que não aconteceu.
Sem conseguir estadualizar o nome e com um vice-prefeito de outro grupo político (os Ribeiro), o que dificulta a desincompatibilização da prefeitura de Campina Grande, a pré-candidatura de Romero não empolgou e Cartaxo continua o favorito. No entanto, Romero será compensado indicando o vice na chapa de Cartaxo, fato que poderia não ocorrer se ele (Romero) não tivesse colocado o time em campo em 2017.
Uma fonte revelou ao Polítika que a indicação poderia ser familiar, no caso, a própria esposa, a médica Micheline Rodrigues. Ou uma indicação política, o deputado estadual Tovar Correia Lima, secretário municipal e queridinho de Romero na gestão.
São duas boas alternativas para compor a chapa com Luciano Cartaxo, que certamente ficaria contente com as opções. Representam bem a cidade de Campina Grande e compensam o apoio do prefeito Romero Rodrigues ao projeto de Cartaxo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário