10 de out de 2017

Maranhão segue pautando debate da disputa ao Governo: “Quem sabe meu nome não vai unir todos?”

O senador Zé Maranhão segue pautando o debate da sucessão estadual. Na manhã desta segunda (dia 9), causou rebuliço ao afirmar que, não sendo candidato, apoiará o prefeito Luciano Cartaxo, “caso seja seu propósito disputar a eleição do Governo”. As declarações de Maranhão provocaram interpretações variadas, e manteve o peemedebista no epicentro da discussão sobre 2018.
Os primeiros a se acender o alerta foram os governistas, ante uma prévia rejeição ao nome do secretário João Azevedo (Infraestrutura), candidato do colete de Ricardo Coutinho, e isso apesar de todos os mimos e acenos do governador ao senador nos últimos tempos. Sinal de que dificilmente Maranhão deixará a seara da oposição para compor com os ricardistas.
E outros governistas ainda entrincheirados no PMDB, como foi o caso do deputado Veneziano Vital, questionaram a sustentabilidade da candidatura de Maranhão. Veneziano disse não acreditar que seja pra valer e que, se mantida sem o apoio de um elenco de partidos, pode terminar com um fraco desempenho eleitoral e até prejudicar candidatos a deputado.
À tarde, Maranhão voltou a causar, quando afirmou que espera de Cartaxo o mesmo gesto de gentileza, ou seja, que não sendo candidato ao governador, apoiará o peemedebista. E encerrou com otimismo, questionando: “Quem sabe não será o meu nome que irá unir todos num único projeto em favor da Paraíba?”
Fonte: Helder Moura

Nenhum comentário:

Postar um comentário