5 de ago de 2017

Wellington Roberto paga o preço por votar contra Temer e perde indicação no governo

O deputado Wellington Roberto (PR) foi o primeiro deputado federal da Paraíba a pagar o preço por ter votado contra o arquivamento da denúncia contra o presidente Michel Temer (PMDB), na última quarta-feira (02). Roberto perdeu um cargo indicado que tinha indicado para o Dnit.

Durante a votação no processo de arquivamento da denúncia de Temer – onde o mesmo foi acusado de corrupção passiva pelo Procuradoria-Geral da República –, Wellington Roberto votou contra e ainda declarou voto contrário a Reforma da Previdência.

Com o não do paraibano, o diretor do Dnit, Gustavo Adolfo Andrade de Sá, foi exonerado da Administração e Finanças do órgão. O cargo foi indicado por Wellington Roberto e a demissão atende a um pedido do ministro dos Transportes, Maurício Quintella (PR), como punição ao parlamentar. As informações são da coluna Painel, da Folha de São Paulo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário