3 de ago de 2017

João Azevedo quer vice que agregue, e nega ser marionete de Ricardo Coutinho


O secretário estadual de Recursos Hídricos e pré-candidato a governador nas eleições estaduais de 2018, João Azevedo, reagiu, nessa quarta-feira (02), às insinuações de setores da oposição de que ele será  manipulado pelo governador Ricardo Coutinho (PSB), caso seja eleito, e disse que não é marionete de ninguém.

"Não é dessa forma que eu vejo política, ouviremos todo mundo é obvio, você não quer ver o conselho de alguém como Ricardo?", indagou.


"Mas, não vou ser marionete de ninguém, muito menos de Ricardo, quem tem essa impressão não me conhece. O povo vai me conhecer", acrescentou.

Azevedo falou também sobre a escolha do vice para a chapa majoritária da situação e disse que nome tem que agrega.

"Depende mais do nome, do que local de nascimento. Tem que ter pessoas que agreguem nesta chapa. Aliança é projeto, aquilo como proposta a gestão, não existe interesse político", afirmou.

As declarações de João foram feitas em entrevista ao programa Rádio Verdade, da Arapuan FM de João Pessoa. 

Fonte Conceição Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário